sexta-feira, 19 de junho de 2009

A importância da produção textual na formação acadêmica

Olá alunos,

sei que às vezes pareço repetitiva, mas a repetição é condição inerente à aprendizagem, e insistir na importância da leitura e escrita na universidade parece óbvio, contudo necessária. A proficiência na produção de textos, especialmente textos acadêmicos, é alcançada mediante disciplina de estudo e disposição para a escrita constantes. Minha sugestão a vocês é o desenvolvimento de um "diário de leituras". Do que se trata isso? Na verdade, é mais um gênero textual emergente na universidade. Trata-se do registro, sob a forma de resumo, das unidades de leitura desenvolvidas nas várias disciplinas componentes de um curso de graduação. O aluno procede a leitura analítica de um determinado texto e (re)cria um novo texto baseado nas ideias contidas no texto original. É um processo difícil, no princípio, mas com o tempo passa a ser natural e até prazeroso. Mesmo que não mantenham um diário, pratiquem a escrita regularmente. Faz parte da formação acadêmica a produção de textos que expressem seu posicionamento diante das questões discutidas na universidade. Além do mais, a demanda de leitura e escrita na sociedade exigem do profissional eficiência nesses quesitos. Portanto, alunos, exercitem!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário